Azeite
- Produzido por: Soc. Clemente Menéres Lda., uma sociedade familiar, desde 1874.

- Onde? Na Quinta do Romeu, em Trás os Montes, no Nordeste de Portugal, numa região com Designação de Origem Protegida (DOP) pela União Europeia.

Em terras de encosta com solos xistosos.

- Tipo de Azeite: Extra Virgem, de Agricultura Biológica (certificada pela SATIVA PT/AB 03), o que quer dizer que não se usa nenhum produto químico na sua cultura ou no processamento industrial (UE, Regulamento nr. 2092/91).

E, como em todas as coisas de qualidade excepcional, a produção do Azeite Romeu é feita em quantidades limitadas e sempre dependentes da produção das suas próprias oliveiras.

- Clima: Conhecido pelo da Terra Quente Trasmontana. É um clima seco com grandes amplitudes térmicas.

- Altitude: 350 metros acima do nível do mar.

- Área de Olival: Cerca de 120 hectares.

- Variedades de oliveiras: Cobrançosa, Verdeal Trasmontana e Madural, todas autóctones da região.

- Produção Anual: Entre 10.000 e 40.000 litros.

- Processo de Colheita: Manual e por vibração mecânica.

- Processo de Fabrico: Em lagar próprio e exclusivo. Esmagamento em moinho de granito seguido de extracção por um decanter de duas fases. Este processamento é feito no próprio dia da apanha ou, o mais tardar, no dia seguinte.

- Engarrafamento: Engarrafado pelo próprio em garrafas de vidro escuro de 25cl. e 50cl..

- Refinagem: Nenhuma.

- Aditivos e Conservantes: Nenhuns.
O Azeite Romeu é puro sumo de azeitona.

- Análise:
Acidez: menos de 0,2%
Peróxidos: 7 (meq O2/kg)
K232: 1,7
K270: 0,10mg/kg

- Valor Nutritivo:
Energia 890 kcal (3724kj)
Lípidos:
Saturados 15g
Monoinsaturados 74g
Polinsaturados 10g
Colesterol: 0,2 mg
Hidratos de Carbono: 0,0g
Proteinas: 0,0g
Sodium: 0,0g
Fibras: 0,0g
Vitamina E: 15,0mg

- Controlo de Higiene Alimentar: Feito pelo Sistema HACCP, adoptado pela Codex Alimentarius Commission (a joint FAO/WHO Food Standards Program).

- Notas de Prova: De cor verde/amarelo com aroma intenso a erva, flores e azeitona. No palato é redondo, denso e fluido. Com um leve doce amendoado no início, seguido de azeitona fresca e verduras variadas, e um final extremamente longo e complexo com uma nota picante mas não amarga. Trata-se de um azeite subtil com uma personalidade delicada, não demasiado potente mas de uma grande elegância e harmonia.

- Prémios: Por várias vezes considerado um dos 10/15 melhores azeites do mundo, tanto em Itália (Guia LExtravergine) como na Alemanha (Der Feinschmecker).

Porto, Novembro de 2011.
(Selecionar fotografias para aumentar)
COPYRIGHT© Soc. Clemente Menéres 2017.
ALL RIGHTS RESERVED.
Siga-nos em:
Instagram