Restaurante Maria Rita
Cheguei à povoação do Romeu às 4 horas da tarde do dia 18 de Maio de 1874. Procurei uma estalagem e encontrei a única que lá existia e que era da Sr.ª Maria Rita que, por signal, nada tinha que nos dar de comer. Mandei então assar bacalhau, acompanhado, a primeira vez para mim, de pão negro de centeio.
 
Em Clemente Menéres 40 Anos de Trás os Montes, 1915.
 
Clemente Menéres acabava de chegar do Porto e fundava então a Casa Menéres, no Romeu.
 
A Sr.ª Maria Rita entretanto morreu, a estalagem ficou abandonada e em ruínas, e mais tarde a Casa Menéres comprou-a.
 
Em 1966, Manoel Menéres, filho de Clemente, restaurou a velha estalagem, trouxe o recheio de uma de suas quintas e recriou a Maria Rita com a cozinheira de sua casa e as receitas de família.
 
Com o mesmo espírito, primeiro o filho e depois um neto continuaram este restaurante com profundas raízes culturais nestas terras.
Vista exterior do restaurante
COPYRIGHT© Soc. Clemente Menéres 2017.
ALL RIGHTS RESERVED.
Siga-nos em:
Instagram